Fechar a Janela

CONHECER
QUERO SER UM DIAMANTE
Ao custo de alguns milhares de euros e graças a uma sofisticada transformação química, uma empresa suíça agora garante a você reservar seu lugar na eternidade sob a forma de um diamante humano.

Seu conteúdo será pacientemente transformado em pedra preciosa.

'Quinhentos gramas de cinzas bastam para fazer um diamante, enquanto o corpo humano deixa uma média de 2,5 a 3 kg depois da cremação', explica Rinaldo Willy, um dos co-fundadores do laboratório onde as máquinas funcionam sem interrupção 24 horas por dia.
Cada pessoa pode gerar uns 5 diamantes, ou mais.

Algordanza significa RECORDAÇÃO em Romance, a quarta lingua mais falada na Suíza.
Os restos humanos são submetidos a várias etapas de transformação. Primeiro, viram carbono, depois grafite.

Em seguida são expostos a temperaturas de 1.700 graus, finalmente se transformam em diamantes artificiais num prazo de quatro a seis semanas.

Na natureza, o mesmo processo leva milênios.

Cada diamante é único. A cor varia do azul escuro até quase branco. É um reflexo da personalidade', comenta Willy.

Uma vez obtido, o diamante bruto é polido e talhado na forma desejada pelos familiares, inclusive optar por um Diamante sem cortar, o qual terá uma forma octaédrica.


Criados a partir do carbono extraído de uma parte dos restos físicos de uma pessoa falecida, os Diamantes resultado do Processo Algordanza não são perfeitos, senão: autênticos, únicos e irrepetíveis.

A cor de um Diamante Algordanza está unicamente determinada pela presença de Boro no organismo da pessoa de quem provem, o que lhes dá tonalidades azuladas.


Que certificados oferece Algordanza?

Algordanza oferece uma Analise Química com a leitura dos elementos químicos presentes no carbono extraído, que serve como garantia de origem.

Prévio ao processo de transformação podemos levar a cabo uma Análise de Medição de Carbono por Intertek Caleb Brett Suíça. Sempre efetuamos a entrega destes resultados.

Os Diamantes Algordanza são certificados pelo Instituto Gemológico Suíço, uma das mais importantes instituções no mundo.

O preço desta alma translúcida oscila entre 2.800 e 10.600 euros, segundo o peso da pedra (de 0,25 a um quilate), o que, segundo Willy, vale a pena, já que um enterro completo custa, por exemplo, 12.000 euros na Alemanha.

A indústria do 'diamante humano' está em plena expansão, com empresas instaladas na Espanha, Rússia, Ucrânia e Estados Unidos.
Aguardamos o seu contato via telefonica ao 808 20 29 29 ou enviando-nos um correio eletrônico parcerias@algordanza.pt

Site desenvolvido e administrado pela MatinBari Design & WEB - Os direitos autorais desse Site pertencem à SandraLuz.