Fechar a Janela

PESQUISAS CIENTÍFICAS
Fonte: REVOLUÇÃO DO MEIO AMBIENTE, autor, Tatsuzo Nagai – Editora Diamond – Tóquio – Japão – data, março de 1.997.
Pesquisada no Japão há várias décadas e no Brasil desde 1995, experimentos foram realizados, constatando-se que a Turmalina é uma pedra elétrica, que gera eletricidade ou energia estática na faixa de 0,06 miliampéres (que atende às necessidades físicas e orgânicas do corpo humano), raios infravermelhos na faixa de 4 a 14 microns, mantendo uma média de 9 mícrons (que é ideal para o corpo humano).

Existem vários estudos científicos sobre a turmalina, o primeiro que se tem conhecimento foi realizado por Pierre e Curi por volta de 1.880. Nesses estudos, constatou-se, que ao ser pressionada a pedra gerava eletricidade denominada Piezo e submetida ao calor gerava eletricidade denominada Piro.

Estudos posteriores realizados pelo Físico Japonês Dr. Tetsujiro Kubo, complementaram que a eletricidade gerada pela Turmalina tinha ação contínua e era uma mini-corrente de aproximadamente 0,06 miliampère.

Também se concluiu que a Turmalina é à única pedra elétrica do planeta que recebe os elétrons da atmosfera gerando eletricidade e se energiza (continuamente) com a luz do sol.

O Dr. Kubo relata que a Turmalina atrai os elétrons da atmosfera e fornece aos seus usuários Íons Negativos que fortalecem a energia vital.
Que gera fóton de luz além infravermelha à distância de 4 a 14 metros mantendo à excelente média de 9 mícrons, melhorando a circulação sanguínea dos micros vasos e em conjunto com a corrente elétrica (0,06 m.a.) estimulam as células, revigoram e alcalinizam as moléculas para o pH de 7,4.

O Dr. Kubo e equipe confirmaram que à ação da Turmalina na água melhorava a qualidade da mesma e eliminava o cheiro do cloro. A água no ofurô, não sujava, não exalava mau cheiro e não fixava ferrugem, mesmo sendo utilizada várias vezes.

Já o Prof. Dr. Tamba escreve em seu livro “Ciência da Água, Luz Vida e Saúde”, que dentre as pedras emissoras de fótons além infravermelhos a Turmalina é a mais potente.

Escreve ainda que estão sendo utilizados lençóis, cobertores, edredons, mantas, cinto abdominal e tecido adaptados a varias partes do corpo, todos impregnados com o pó da Turmalina, obtendo-se resultados excelentes em pessoas com problemas de circulação sanguínea, dores na coluna, nevrálgicas e lombares, nervo ciático, enxaqueca, dor de cabeça, dormência, tensão muscular, estresse, insônia, problemas estomacais, diabetes, ácido úrico e resultados altamente positivos na convalescença de pacientes que sofreram enfartos e derrame cerebral e nos diversos tratamentos dos problemas da pele.

Esses resultados são possíveis, pois, a Turmalina

REVIGORA AS CÉLULAS CANSADAS
INIBE A OXIDAÇÃO DAS CÉLULAS
ALCALINIZA O SANGUE DAS CÉLULAS
INIBE A OXIDAÇÃO DOS GRAXOS INSATURADOS
REATIVA A CORRENTE SANGUÍNEA
APRESENTA EFEITOS ANTIDISTÔNICOS, CALMANTES E RELAXANTES


O autor conclui que a Turmalina vai revolucionar em contexto global à saúde física não só do ser humano, mas também à saúde ambiental.
A ENERGIA DA TURMALINA PELO PROCESSO DE IONIZAÇÃO

A energia negativa – elétrons (e-) emitidos pela Turmalina interage como um filtro neutraliza as ondas criadas pelos prótons, cria um campo de energia saudável através dos elétrons e dessa forma, combate os desequilíbrios nocivos, energizando, revitalizando e equilibrando a saúde do ser humano e do animal e ainda, revitaliza, protege, estimula e aumenta a durabilidade dos vegetais.

Quando se utiliza produtos à base de Turmalina, a eletricidade ou energia estática, ou ainda íons alcalinos negativos, chega aos seus usuários em forma de IONIZAÇÃO, se processa através da energia física da corrente sanguínea ou intracelular, interagindo em nosso sistema físico, orgânico, intracelular e imunológico, melhorando a saúde e a beleza física (pele, cabelo e corpo) e orgânica.

Portanto, a energia da Turmalina é a energia da saúde, o filtro do corpo humano, ela protege e equilibra as funções, combate os desequilíbrios, as enfermidades e o envelhecimento precoce do ser humano. Males que a Turmalina combate:

Homem: dores localizadas, na coluna e no nervo-ciático, bursite, tendinite, enxaqueca, dor de cabeça, estresse, insônia, nervosismo, agitação, TPM, cólicas, fortalece a hemoglobina, fortalece e oxigena as células, a pele e o cabelo, combate os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento precoce (pele e cabelo), estimula os músculos faciais, ativa a circulação sanguínea, etc.

Nos vegetais: Estimula as células, fibras e a clorofila, combate fungos e gases que aceleram a deterioração, estimula e conserva as propriedades das vitaminas e sais minerais e preserva a durabilidade.

Esse processo se verifica através do equilíbrio do campo energético dos seres vivos (animal e vegetal). O mesmo processo, em menor escala, também conserva as carnes bovina, suína, de aves, etc.

ÁGUA IONIZADA COM TURMALINA

As propriedades da Turmalina na água

Pela ação da eletricidade e por ter características próprias e únicas, a Turmalina divide as moléculas, ioniza e alcaliniza levemente a água (pH 7,4) e essas ações auxiliam no equilíbrio orgânico/metabólico, nas funções fisiológicas dos intestinos, rins, bexiga, etc., na queima de toxinas e gorduras localizadas.

A ação dos raios infravermelhos fortalece o sistema imunológico e orgânico, melhora o metabolismo na absorção e aproveitamento de vitaminas, proteínas e saís minerais, além de combater os radicais livres fortalecendo a hemoglobina.

Os 13 elementos químicos que são transpassados para a água, ajudam a combater as anomalias físicas e orgânicas, interferindo positivamente nas funções do organismo e do metabolismo.

Promovem ação desintoxicante metabólica. Absorvem as toxinas retirando as impurezas e deixando em troca elementos minerais indispensáveis.
Favorecem a reprodução celular integral. Estimulam a circulação sanguínea e linfática integral (sangue e água). Fortalecem nutrindo e oxigenando as células.

13 elementos químicos da turmalina preta:

Cálcio - Boro - Ferro - Lítio - Silício - Potássio - Manganês - Magnésio - Alumínio - Flúor - Sódio - Oxigênio - Hidrogênio

Que são repassados para a corrente sanguínea pela ação conjunta da eletricidade e dos infravermelhos alimentando, oxigenando e fortalecendo as células.

Há também Turmalinas verdes e amarelas e uma variedade “Melancia”. Essa variedade de cores é determinada por uma pequena variação na composição química da Turmalina. Ela é um silicato muito complexo que contém boro entre seus elementos químicos.

Escorlita é preta devido ao seu alto teor em ferro.
Dravita em magnésio
Elbaíta em lítio
Rubelita em silício.

Convém destacar que todas às pedras, independentes de cores ou tonalidades, contêm os mesmos elementos minerais, só que, dependendo da classificação, em maior ou menor quantidade de um ou alguns elementos.

Site desenvolvido e administrado pela MatinBari Design & WEB - Os direitos autorais desse Site pertencem à SandraLuz.